quarta-feira, 6 de julho de 2011

Reação das Drogas


Psicotrópicos: São aquelas que atuam sobre o nosso cérebro, alterando de alguma maneira o nosso psiquismo.

Drogas Lícitas: São aquelas permitidas por lei, como álcool e tabaco.

Drogas Ilícitas: São aquelas proibidas por lei, de uso contrário à moral ou ao direito, como a heroína, cocaína, maconha, etc.

Tóxico: É toda droga capaz de provocar, após introduzida no organismo vivo, reações graves.

Entorpecente: É toda droga capaz de provocar, após introduzida no organismo vivo, entorpecimento ou torpor (diminuição das atividades gerais), também conhecida como estupefaciente.

Narcótico: É toda droga opiácea que introduzida no organismo vivo é capaz de provocar sedação e analgesia (perda de sensibilidade à dor).

Dependência: É o estado de necessidade física e / ou psicológica de uma ou mais drogas, resultando do seu uso continuo ou periódico. A dependência pode ser:

Dependência Física: É um estado fisiológico anormal produzido pelo uso repetido da droga, que gera transtorno fisiológicos mais ou menos intensos pela suspensão abrupta da droga, pois o organismo do usuário, metabolicamente, já se acostumou à mesma.

Dependência Psíquica: É um estado psicológico de vontade incontrolável de ingerir drogas periódica ou continuamente, embora não haja transtornos fisiológicos.

Atualmente, a tendência é aceitar que uma pessoa seja dependente, se o uso que vem fazendo da droga psicotrópica levar-lhe pelo menos a três dos seguintes sintomas e sinais ao longo dos últimos doze meses:

° Um forte desejo ou moção de compulsão de consumir drogas.
° Consciência subjetiva de um prejuízo na capacidade e controlar o comportamento de tomar a droga, e termos do seu início, termino ou níveis de consumo.
° O uso de substancias com intenção de atenuar sintomas de abstinência e consciência da efetividade desta estratégia .
° Um estado fisiológico de abstinência.
° Um estreitamento nas atitudes pessoais no que diz respeito ao consumo de por exemplo: passar a consumir a droga em ambientes não propícios, drogas, a qualquer hora.
° Negligência progressiva de prazeres e interesses outros, em favor do uso da droga.
° A persistência no uso da droga a despeito da clara evidência das manifestações danosas.

Síndrome de Abstinência: É o conjunto de transtornos fisiológicos causados num fármaco-dependente, quando ocorrer a suspensão brusca, parcial ou totalmente, da ingestão da droga, ou quando as doses não são suficientes para manter a fase de compensação, ocorrendo então um estado geral de mal-estar no usuário.
A síndrome pode ocasionar calafrios, tremores, vômitos, náuseas, diarréias, convulsões, delírios e outros males.

Tolerância: É a adaptação do organismo à adição da droga, obrigando o usuário a aumentar a dosagem para obter os mesmos resultados. Pode ocorrer a tolerância cruzada, isto é, quando uma determinada droga confere ao organismo a tolerância de outras drogas.

Sinergismos: É a soma ou potencialização dos efeitos de certas drogas semelhantes ou antagônicas, por exemplo, a ingestão de barbitúricos ou álcool.

Toxicômano: Toda pessoa que partindo de um produto de base, faz a escalada com outro(s) produto(s) e / ou então os utiliza diariamente ou quase que diariamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário